Fé: o ponto “x” da questão

Ter fé é acreditar em algo com intensidade. E é bom ter , nos ajuda a superar grandes dores e transpor grandes obstáculos. Quero refletir com vocês  com relação a nossa postura diante da nossa fé. Tem sempre aquele ponto de equilíbrio que devemos buscar para conseguirmos caminhar em paz.

O fato de você ter fé significa que você acredita na providência divina. Seja ela qual for, certo? Ou seja, você vai aceitar o que Deus ou o Universo reservou para você. Mas isso não significa que você vai cruzar seus braços e esperar que tudo aconteça sem o seu esforço ou sem sua intervenção.

Acredito que esse seja o ponto  “x” da questão: Até quando eu faço e determino as coisas? Até que ponto o Universo ou Deus organiza, define e faz acontecer?

Fundamental é a integração do ser com o Todo. Você age por ter uma força propulsora que te estimula e orienta. E, ao mesmo tempo, você recebe de volta o que emanou, inspirado por essa mesma força.

 

fe

Uma história para ilustrar, divertir e refletir…

Uma das histórias que eu gosto de contar se refere a uma enchente que acometeu uma cidadezinha do interior do ES no ano de 2011:
A chuva começou já forte e se manteve intensa durante todo aquele dia. A água foi subindo, entrando pelas casas e as pessoas começaram a procurar abrigo na cidade vizinha.
Mas Sr. João não saía não. Ele dizia: não vou não, eu tenho muita fé em Deus! E Deus vai me salvar.
Quando a água cobriu o primeiro andar da sua casa apareceu um pessoal de bote para salvar ele.
Mas Sr. João não saía não. Ele dizia: não vou não, eu tenho muita fé em Deus! E Deus vai me salvar.
E continuava a chover. O Sr. João foi para o segundo piso da sua casa. Todos os habitantes da cidade já haviam saído de lá. Só não o Sr. João. Um vizinho preocupado apareceu de barco para salvar Sr. João.
Mas Sr. João não saía não. Ele dizia: não vou não, eu tenho muita fé em Deus! E Deus vai me salvar.
Eis que a água tomou o segundo piso da casa do Sr. João e ele foi para o telhado. Mandaram um helicóptero para salvar o pobre homem.
Mas Sr. João não saía não. Ele dizia: não vou não, eu tenho muita fé em Deus! E Deus vai me salvar.
O fato, meus queridos, é que a água inundou a cidade inteira e Sr. João foi parar no céu. Chegando lá, inconformado com aquela injustiça, foi logo furando fila para falar com Deus…
Eis o diálogo:
Sr. João: Deus! Como pôde me mandar para cá? Pois eu tenho tanta fé no Senhor! Isso é um absurdo!
Deus: Sr. João? Eu que lhe pergunto como pôde vir para cá? Pois eu mandei um bote, um barco e um helicóptero para lhe salvar!

Pois não foi?

 

Já conhecia essa história? Deixe seu comentário abaixo. Terei prazer em conversar com você.

 

Namastê.

Curtir JF Jornal do Face
Curtir este Artigo

Leia também:

Se gostou desse artigo compartilhe com seus amigos. Meu nome é Débora e sou empreendedora digital. Agora tenho um sonho realizado, trabalho em casa e ainda contribuo com grandes causas sociais. Meu propósito é trazer reflexões e possibilidades. Junte-se a nós nesse grande projeto e torne-se um afiliado da Social Fórmula Top clicando aqui . Namastê sempre...


ATENÇÃO: O meu blog utiliza Copyscape Premium, um serviço de deteção e notificação automática de plágio, por favor pense nas consequências negativas do Google penalizar seu website antes de duplicar o meu conteúdo.