O Poder do Humor em nossa vida

O Poder do Humor pode ser facilmente identificado. Pessoas bem-humoradas estão constantemente permeadas por uma magia contagiante. Costumam conquistar seus objetivos e superar com mais facilidade os obstáculos da vida. Já pessoas mal-humoradas, não contam com esse equilíbrio.

Estudos comprovam também que o riso e a alegria aumentam o nosso sistema imunológico, o que nos propicia mais saúde. Assim que puder, repare uma pessoa que está dando gargalhada. Observe o corpo, solto, leve em movimento. Perceba como os olhos brilham…

Se, por fora, notamos nitidamente as diferenças entre um corpo com alegria e outro sem, imagina por dentro.

O Bom Humor diminui nossa dor

É quimicamente provado que o bom humor faz a gente sentir menos dor. É que o corpo da pessoa bem-humorada produz mais endorfina,  um hormônio relaxante. O clínico geral Antônio Carlos Lopes da USP explica que o  círculo virtuoso se dá na medida em que você, quando está bem-humorado aumenta o seu bem estar e, por isso mais bem-humorado você tende a ficar.

A endorfina é considerada um analgésico natural. Conhecida como hormônio do prazer, ela  alivia  tensões, controla a pressão sanguínea, melhora o desempenho sexual, melhora o funcionamento do sistema imunológico e a concentração.

o-poder-do-humorNão é a toa que há vários trabalhos utilizando o bom humor para aliviar a dor  em hospitais, orfanatos, asilos e casas de passagem aqui no Brasil.

Existe uma disciplina chamada  Gelotologia ou Risologia que estuda o humor, seus efeitos psicológicos e fisiológicos. Esse estudo se ampliou a partir da década de 60. Quem nunca viu o filme “O Amor é contagioso” fica a dica. O filme conta a história de Hunter Doherty “Patch” Adams, defensor e propagador do movimento de humanização do ambiente hospitalar.

Mas e o mau humor? Será que causa doenças?

 

O Mau Humor pode ser tratado

Pode ser que o mau humor seja um desequilíbrio químico. Todos nós ficamos mal-humorados de vez em quando mas têm pessoas que possuem mau humor crônico. É aquela pessoa que ilustra a personagem da história do otimista e do pessimista  onde  o pessimista ganhou uma bicicleta e ficou reclamando, prevendo seu triste futuro quando montasse na bicicleta…poderia cair, quebrar um braço ou se machucar, enquanto o otimista ganhou uma caixinha de cocô e saiu dando pulos de alegria procurando  seu cavalo. Brincadeiras a parte, se você se encaixou nessa história como o pessimista, pode ser que você tenha um transtorno chamado distimia.

É importante saber que, frequentemente, as pessoas mal-humoradas não se dão conta que seu mau humor pode ser algo tratável. Geralmente pensam que é um traço da sua personalidade.

A diferença da pessoa distímica para a  pessoa mal-humorada é que o distímico não fica satisfeito de maneira alguma, porque só consegue enxergar o lado negativo de tudo, ao passo que o mal-humorado reclama mas consegue sair do estado de  lamentação quando seu problema é solucionado.

Distimia X Depressão

A distimia é considerada uma forma crônica de depressão porém com sintomas mais leves. A pessoa com depressão paralisa e costuma  se isolar. O distímico consegue viver, reclamando, mas segue em frente.

Para saber se uma pessoa sofre de distimia, os sintomas devem persistir por dois anos, no mínimo. Procure ajuda de um médico psiquiatra para se certificar.

Como tornar sua vida mais leve

>  Não leve a vida tão a sério. Os problemas não vão mudar, você é que pode mudar a maneira de encará-los.

> Experimente ler, ouvir e assistir programas de  humor. Um programa do youtube recomendado é o “Porta dos Fundos”, duvido que você consiga sair de lá sem uma gargalhada.

>  Já tentou ficar em frente ao espelho e rir para você? comece sem vontade, vai parecer ridículo, mas as chances de você começar a rir de verdade são imensas!

> Procure estar perto de pessoas que te façam bem. Existem pessoas que são leves, suaves e divertidas. Faça o encontro acontecer.

>  Crianças têm o poder de nos fazer sorrir e rir. Não perca a oportunidade de fazê-las falar o que pensam sobre qualquer  assunto. Dê oportunidade para que se expressem.

> Olhe para o Universo e agradeça pela sua vida. Tente sentir  o poder da gratidão em seu coração.

 

Quer saber mais?

www.sapsip.com.br

historiaviva.org.br

www.doutorrisadinha.com

Quer rir comigo? Deixe seu comentário abaixo e vamos conversar.

Namastê.

Curtir JF Jornal do Face
Curtir este Artigo

Leia também:

Se gostou desse artigo compartilhe com seus amigos. Meu nome é Débora e sou empreendedora digital. Agora tenho um sonho realizado, trabalho em casa e ainda contribuo com grandes causas sociais. Meu propósito é trazer reflexões e possibilidades. Junte-se a nós nesse grande projeto e torne-se um afiliado da Social Fórmula Top clicando aqui . Namastê sempre...


ATENÇÃO: O meu blog utiliza Copyscape Premium, um serviço de deteção e notificação automática de plágio, por favor pense nas consequências negativas do Google penalizar seu website antes de duplicar o meu conteúdo.